Em 1968, o Museu de Arte de São Paulo (MASP) inaugurou sua sede na Avenida Paulista, tornando-se um marco da arquitetura moderna no Brasil. Antes, o museu estava instalado na rua Sete de Abril, no Centro.

O espaço que o museu ocupa atualmente, na principal avenida da capital, era um terreno do belvedere Trianon e um tradicional ponto de encontro da elite paulistana, demolido em 1951.

Feito em concreto e vidro, com traços retos e visual impactante, o projeto concebido pela arquiteta Lina Bo Bardi chama a atenção também por seu enorme vão livre – uma forma criativa que Lina encontrou de atender a uma necessidade da obra.
O terreno onde o museu foi instalado foi doado à Prefeitura de São Paulo, com a condição de que jamais fosse construído um edifício no local. Isso porque a construção iria esconder a paisagem para a Avenida Nove de Julho, que fazia vista para o centro e a Serra da Cantareira.

Assim, para atender a essa exigência, a arquiteta apresentou um projeto com um grande vão, onde era possível ver toda a paisagem preservada e ainda servisse como uma grande praça pública – local onde ainda hoje acontecem algumas das principais manifestações da cidade.
Uma curiosidade: nem sempre as colunas do MASP foram vermelhas, como mostra esta foto da década de 1970.

Gostaram de conhecer um pouco mais sobre um dos principais museus do Brasil?

Leave a Reply

WhatsApp chat